ALAGOASCapital

Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer

O projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel) tem como objetivo melhorar a experiência do usuário que frequenta as praias de Maceió, e irá atender a demanda da população local e turistas, através da instalação de dois blocos de banheiros por módulo, que contarão com sanitários, pias, chuveiros na parte externa e adaptação ao uso para pessoas com deficiência.

Segundo o titular da Semtel, Jair Galvão, essa é uma obra fundamental para ampliar a qualificação do destino Maceió, e um importante avanço estrutural na orla da cidade, já que atende diretamente a uma solicitação da população, de comerciantes e turistas.

“A construção dos módulos de banheiros pela Prefeitura de Maceió é um anseio dos frequentadores da orla e um passo a mais no avanço das ações de melhoria do espaço público da capital alagoana. Um projeto que irá atender diretamente a uma demanda de turistas e maceioenses e consolidar o avanço da estruturação de um local de grande circulação e um dos maiores atrativos da cidade”, comentou.

Os banheiros serão construídos em pontos estratégicos com atenção especial aos lugares onde há maior fluxo de maceioenses e turistas, e terão revestimento externo em eucalipto, seguindo o padrão da orla em obras como os parquinhos e pontos de ônibus. Receberão a instalação as praias de Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca e Cruz das Almas.

Instalações irão contar com dois blocos de banheiros por módulo. Foto: Semtel

A instalação desses módulos vai melhorar as condições sanitárias da região e oferecer aos usuários privacidade e comodidade, além de uma estruturação adequada para o fluxo de turistas em períodos de alta temporada, ampliação da qualificação da oferta turística e o bem-estar da população. O projeto, com valor global de R$ 410 mil, é assegurado através de um investimento do Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo.

Funcionários da obra seguem orientações de prevenção ao coronavirus

Em virtude da pandemia do coronavírus, o cronograma de execução da obra precisou passar por alguns ajustes e incluir novas datas ao planejamento inicial. Por outro lado, com base no decreto Nº 69.577 do governo estadual, que permite que obras de construção civil públicas e privadas sigam em execução, as equipes foram autorizadas a prosseguir com os serviços.

Dessa maneira ampliou-se a adoção de medidas de segurança, como o uso intensivo de EPIs e a utilização de uma pequena quantidade de funcionários, tendo em vista o porte da obra e a precaução de evitar aglomerações. Além dos EPIs exigidos por lei para construção civil, os funcionários da obra seguem as orientações do Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Alagoas (Sinduscon-AL) e estão utilizando máscaras para proteção contra o coronavirus.

Luiz Rios/Ascom Semtel

Artigos relacionados
ALAGOASNotícias

Secretário Rafael Brito reúne trade turístico para alinhamento de ações promocionais

Em 2020 o turismo em Alagoas alcançou a liderança do mercado nacional e esteve em evidência durante todo o ano…
CapitalDestaquesNotícias

Prefeitura e trade discutem cadastramento de ambulantes na orla de Maceió

Cerca de mil famílias sobrevivem da venda ambulante nas praias de Maceió, segundo estimativas do secretário de turismo de Maceió,…
CapitalDestaques

Operação em Maceió vai identificar condomínios que jogam esgoto nas galerias de águas pluviais

O objetivo é evitar a poluição das praias, que passam ter balneabilidade divulgada pelo Instituto do Meio Ambiente em atendimento…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :