Notícias

MPE e Detran firmam convênio para fiscalizar transporte escolar em AL

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), celebrou nessa terça-feira (4) um Convênio de Cooperação Técnica com o Departamento de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) cujo propósito é o de fiscalizar o transporte escolar em todos os municípios. De acordo com o diretor-presidente do Detran, Antônio Carlos Gouveia, as ações serão apoiadas pelas equipes da Lei Seca.

“O Ministério Público, a partir deste momento, tem mais um instrumento para prestar serviço à sociedade alagoana. Vamos salvar vidas”. declarou o procurador-geral de Justiça, em exercício, Márcio Roberto.

Na verdade, o que o MPE/AL e o Detran querem é proteger crianças e adolescentes garantindo um meio de transporte seguro, sem o risco de acidentes e suas fatalidades como mortes e sequelas permanentes. Por essa razão, a partir de agora, haverá um controle pormenorizado, desde a contratação do condutor até as condições do veículo.

“O Ministério Público busca cada vez mais ser proativo, tudo em função do melhor servir ao cidadão. Às vezes há uma certa dificuldade porque os gestores entendem o zelo da instituição como coação por parte dos promotores de Justiça. Mas, com a celebração desse convênio, teremos mais respaldo para manter contato imediato com nossos representantes em cada cidade, para juntos irmos ao prefeito, fazer com que tome conhecimento e se adeque”, declara o procurador-geral em exercício.

Segundo Antônio Carlos Gouveia, todos os transportes escolares serão submetidos a vistorias do Detran de seis em seis meses. “Não imaginávamos a complexidade e a gravidade da situação do transporte escolar. E o MP, com suas ações civis públicas, está modificando uma realidade. E nós, nessa parceria, com as vistorias semestrais, salvaremos muitas vidas. Esta é uma ação inédita e não vejo outra palavra para caracterizar essa ação, senão êxito. Celebraremos a redução de acidentes, mortes, de jovens em cadeiras de rodas.

Márcio Roberto, por sua vez, reafirmou o empenho dos membros da instituição. “Tenham convicção de que todos os nossos promotores darão efetividade a esse convênio”.

Para o coordenador da Lei Seca, tenente PM Emanoel Costa, participar da parceria é de extrema importância para combater as ilicitudes.

“É uma parceria para a vida e abraçamos a causa pensando na proteção de centenas de crianças e jovens. Esse convênio é um marco para Alagoas e combateremos, com todo empenho, quaisquer irregularidades”, afirma o tenente Emanoel.

Acompanharam a celebração do convênio, representando o Ministério das Cidades, os consultores técnicos Sabrina Silva e César Baracat que vieram a Alagoas para levantamentos sobre a quantidade de acidentes, suas causas. A cidade de Arapiraca, pelo número elevado de ocorrências, principalmente com motocicletas, já que é a segunda cidade do Brasil com maior número desse tipo de veículo, será a primeira a ser visitada. Eles farão análise em todo o território nacional.

Artigos relacionados
Notícias

CVC encolhe espaço físico e mergulha no mundo digital, buscando produtores de conteúdo nos veículos de comunicação e redes sociais

A nova realidade criada pela pandemia do covid-19 impõe nova prática de trabalho, fecha ciclos de empresas que antes dominavam…
Notícias

A necessidade da Reforma Tributária para os municípios e da criação de um imposto único. População pede passarelas em Arapiraca. Mineradora desvaloriza terras no Agreste e produção agrícola sob ameaça. Perigo das chuvas nas rodovias do litoral Norte.

A pandemia do covid 19 foi politizada e por isso toda pauta no Congresso Nacional está focada em tudo que…
DestaquesNotícias

Ministro do Turismo explica que Certificado de Vacinação não é obrigatório

A vacinação contra o covid-19 no Brasil avança e deve atingir os 20 milhões imunizados até o final deste mês…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :