Notícias

Contação de histórias encanta crianças na Bienal Internacional do Livro de Alagoas

Atividade visa contar para a garotada histórias que estão envolvidas nos temas trabalhados na coleção Coco de Roda de uma forma lúdica e engraçada
Texto de Igor Gouveia

Estimular o contato das crianças com o universo dos livros e tornar o hábito da leitura algo cotidiano e prazeroso por meio da contação de histórias. Esta é uma das propostas que a Imprensa Oficial Graciliano Ramos, vinculada à Secretaria do Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), levou à 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, que ocorre no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso até 8 de outubro.

 

A ideia é simples: contar para a garotada diversas histórias que estão envolvidas nos temas trabalhados na coleção Coco de Roda de uma forma lúdica e engraçada. Não é à toa que as sessões têm reunido um grande público no estande da Imprensa Oficial.

 

“A coleção Coco de Roda é um dos maiores sucessos editorias da Imprensa Oficial Graciliano Ramos. Desde que foi lançada, em 2009, ela vem sendo amplamente adotada pelas escolas da rede pública e privada de Alagoas. Por isso, pensamos em fazer a contação de histórias para o público infantil por entendemos a importância das narrativas para esse nicho”, explica Patrycia Monteiro, coordenadora editorial da Imprensa Oficial Graciliano Ramos.

 

E, de fato, os temas abordados na coleção têm agradado não só as crianças, como também aos mais velhos. O engenheiro Luiz Brandão, de 32 anos, levou o filho João Marcelo, de apenas 5 anos, para uma das apresentações e ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pela equipe.

 

“A verdade é que eu e João ficamos encantados com a contação. Sem dúvidas, esse é um dos grandes atrativos dessa Bienal. É muito importante incentivarmos a aproximação da literatura em relação às crianças. Afinal, ela tem um papel muito grande para o desenvolvimento social de todos nós. A Imprensa Oficial Graciliano Ramos está de parabéns pela ação”, disse o engenheiro que prometeu levar os sobrinhos para conhecer a atividade.

 

Nas duas sessões diárias de contação que, segundo a programação oficial do evento, ocorrem em horários alternados até o próximo dia 8, além do contato com as histórias da Coleção Coco de Rodas, a criançada também ganhará pipocas e balões.

 

E para participar de um desses momentos é muito fácil. Basta ir até ao estande da Imprensa Oficial em um dos horários das sessões – que ocorrem sempre às 10h da manhã e às 16h – e se acomodar. A única regra, no entanto, é abrir a imaginação e se deixar levar pelo universo das histórias que, entre outras coisas, envolvem a cultura e as tradições alagoanas.

 

SERVIÇO

 

A 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas acontece no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso até o próximo dia 8. A entrada do evento é gratuita.

Artigos relacionados
Notícias

CVC encolhe espaço físico e mergulha no mundo digital, buscando produtores de conteúdo nos veículos de comunicação e redes sociais

A nova realidade criada pela pandemia do covid-19 impõe nova prática de trabalho, fecha ciclos de empresas que antes dominavam…
Notícias

A necessidade da Reforma Tributária para os municípios e da criação de um imposto único. População pede passarelas em Arapiraca. Mineradora desvaloriza terras no Agreste e produção agrícola sob ameaça. Perigo das chuvas nas rodovias do litoral Norte.

A pandemia do covid 19 foi politizada e por isso toda pauta no Congresso Nacional está focada em tudo que…
DestaquesNotícias

Ministro do Turismo explica que Certificado de Vacinação não é obrigatório

A vacinação contra o covid-19 no Brasil avança e deve atingir os 20 milhões imunizados até o final deste mês…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :